Movimento de Apostas de terça-feira foi o maior do Hipódromo da Gávea

Jockey I 21.01.22

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
Movimento de apostas volta a oscilar no Hipódromo da Gávea 1
MGA de terça–feira do Jockey Club Brasileiro foi de R$ 707.144,67, no domingo foram R$ 661.316,28 e na segunda-feira R$ 575.099,70

Surpreendentemente, o maior Movimento Geral de Apostas (MGA) da semana no turfe carioca foi o da terça–feira, com R$ 707.144,67. A programação, sem dúvida, era de boa qualidade.

Mas, nada comparada à de domingo, com quatro provas do calendário clássico, GP José Buarque de Macedo, GP Roger Guedon, Prova Especial João Vieira e Prova Especial Wild Event.

Vale lembrar, também, o páreo de produtos da nova geração, no mesmo dia. Com tudo isso, só foram apostados R$ 661.316,28, 10% a mais do que na semana anterior, com programação normal.

A decepção ficou por conta da segunda–feira, o pior faturamento da semana, R$ 575.099,70. Resultado fora da rotina, pois costuma ser o dia preferido dos apostadores.

(Raia Leve – Paulo Gama)

***

B. Queiroz e J. Ricardo marcam presença no Hipódromo de Cidade Jardim neste sábado

O recordista mundial de vitórias, Jorge Antônio Ricardo, assinou quatro compromissos de montaria, no próximo sábado, no Hipódromo de Cidade Jardim. Desta vez, ele terá a companhia do campeão da estatística carioca, Bruno Queiroz, que atuará em dois páreos. As opções de Ricardinho são Bellawatch, pensionista de Mário André, no Grande Prêmio 25 de Janeiro, Vijay, no Grande Prêmio Piratininga, e Moleque da Vila e Youdobest, em páreos de turma. Bruninho vai conduzir o invicto In Fact, do Haras Santa Rita da Serra, que desertou do GP Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, para correr o tradicional GP Piratininga, no prado bandeirante. A outra montaria será em páreo comum, com Zipstar. (Raia Leve – Paulo Gama)

***

Treinadores já escalados para ajudar na formação dos páreos

Os dois profissionais indicados pelos próprios colegas para participar, semanalmente, da formação dos programas, foram definidos. Mauro Teixeira da Costa, atual presidente da Associação de Profissionais de Turfe do Rio de Janeiro, e José Luiz Pedrosa Júnior, experiente treinador, e um especialista no assunto. O diretor, Rubens Penelas, será o canal de comunicação, espécie de intercâmbio, entre eles, os representantes da Secretaria da Comissão de Corridas, e a presidência do clube. (Raia Leve – Paulo Gama)

Comentar com o Facebook