NFL suspende jogador do Atlanta Falcons, Calvin Ridley por pelo menos a temporada 2022 por apostar em jogos

Blog do Editor I 15.03.22

Por: Magno José

Compartilhe:

A Liga de Futebol Americano – NFL divulgou um comunicado nesta segunda-feira anunciando suspensão de Calvin Ridley e afirmou que Ridley apostou em jogos durante um período de cinco dias em novembro de 2021, quando estava na lista de lesões não relacionadas ao futebol.

Em uma série de tweets na segunda-feira após o anúncio da suspensão, Ridley disse que apostou US$ 1.500,00 no total e que “não tenho problemas com jogos de azar, foi puramente para diversão”.

A NFL determinou que Ridley fez apostas múltiplas envolvendo três, cinco e oito jogos que incluíam os Falcons para vencer por meio de seu dispositivo móvel fora do estado.

A NFL soube da atividade de apostas de Ridley por meio de seus relacionamentos dentro da indústria legal de apostas esportivas. Ridley também estava apostando em outros esportes, incluindo a NBA, por quantias maiores na casa dos milhares de dólares, durante um período de cinco dias antes do Dia de Ação de Graças, disseram fontes. Não é contra a política da NFL que os jogadores apostem em outros esportes.

“Não há nada mais fundamental para o sucesso da NFL e para a reputação de todos associados à nossa liga do que defender a integridade do jogo”, escreveu o presidente da NFL, Roger Goodell em uma carta a Ridley notificando-o de sua suspensão. Suas ações colocam em risco a integridade do jogo, ameaçam prejudicar a confiança do público no futebol profissional e potencialmente prejudicar a reputação de seus colegas jogadores em toda a NFL.

“Durante décadas, apostar em jogos da NFL foi considerado uma das violações mais significativas da política da liga que justifica a sanção mais substancial”.

A NFL disse que sua investigação não descobriu evidências de que Ridley tenha usado informações privilegiadas ou “que qualquer jogo tenha sido comprometido de alguma forma”. Também não havia evidências de que qualquer um dos treinadores, funcionários ou jogadores dos Falcons estivesse ciente de sua atividade de apostas.

Os Falcons disseram que estão se preparando para a temporada de 2022 como se Ridley não estivesse com eles.

Ridley é o segundo jogador a ser suspenso por apostar em jogos da NFL desde 2018, quando uma decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos abriu caminho para que todos os estados autorizassem as apostas esportivas. O então jogador do Arizona Cardinals, Josh Shaw, foi suspenso em 2019 depois que a NFL soube que ele havia apostado em jogos da liga enquanto estava machucado.

Desde a decisão da Suprema Corte, 30 estados e o Distrito de Columbia lançaram mercados legais de apostas esportivas.

Com a suspensão, Ridley perderá integralmente o salário de US$ 11,1 milhões em 2022.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.