Sergio Cabral apóia legalização dos jogos de azar no país

Compartilhar

Nesta manhã (16), o Governador do Rio Sérgio Cabral, participou do evento promovido pela Loterj para entrega de vans e ambulâncias e assinatura de convênios com instituições beneficentes e prefeituras do estado.  Na solenidade, o Governador criticou o Congresso por proibir o bingo no país, pois, segundo ele, a maioria dos países como Estados Unidos, Itália, Canadá, Argentina e China têm jogos e só o Brasil não tem e o dinheiro gerado acaba não sendo destinados a fins sociais.

“O Brasil tem problemas muito maiores quando torna o jogo ilegal porque a renda não é destinada a ajudar pessoas como acontece na Loterj”, diz Sérgio Cabral .

No evento, o presidente da Loterj, Sérgio Ricardo de Almeida anunciou que, em 2010, a Loterj doou R$ 10 milhões para área social, o que representa 70% do seu lucro.  No total foram 101 instituições, atendendo 469 mil pessoas.

“Comecei meu trabalho na Loterj em 2007, no ano anterior, não havia tido nenhuma doação e só existiam sete raspadinhas, atualmente, temos 52 modelos de raspadinhas e aumentamos o lucro da Loterj em 365%. Além disso, realizamos o primeiro concurso público da empresa” conta Sergio Ricardo.

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta