Aeroporto de Las Vegas instala máquina que vende EPIs

Compartilhar
Os preços variam: o pacote com três máscaras é vendido por US$ 7,50, enquanto o da máscara de pano reutilizável e lavável custa US$ 14,50. Já os lenços umedecidos custam US$ 5,25 e a garrafinha de 50 ml de álcool em gel custa US$ 4,25

Em meio à abertura inicial do comércio no estado de Nevada, o aeroporto de Las Vegas já está pronto para o novo normal e chegou a instalar as tão famosas máquinas americanas de vendas, mas dessa vez com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) na vitrine.

Segundo a FOX News, o Aeroporto McCarran é o primeiro dos Estados Unidos e, provavelmente, do mundo a contar com essas máquinas de vendas automáticas de EPI, similares aos milhares que existem no mundo vendendo refrigerantes, guloseimas e até eletrônicos e acessórios.

A Administração Federal de Aviação (FAA), equivalente americana da ANAC, não obriga o uso de máscaras pelos passageiros, mas algumas companhias aéreas já têm solicitado que seus clientes permaneçam com máscara durante todo o embarque e voo.

Olhando para esse mercado, uma empresa instalou um equipamento que oferece as proteções aos passageiros. No catálogo, estão disponíveis lenços umedecidos com álcool 75%, máscaras de pano e descartáveis, além da tradicional garrafinha de álcool em gel.

Os preços variam: o pacote com três máscaras é vendido por US$ 7,50, enquanto o da máscara de pano reutilizável e lavável custa US$ 14,50. Já os lenços umedecidos custam US$ 5,25 e a garrafinha de 50 ml de álcool em gel custa US$ 4,25.

As máquinas estão instaladas próximo aos check-ins do Terminal 1 e da entrada do raio-x no Terminal 3.

O estado de Nevada já iniciou uma abertura gradual do seu comércio, seguindo a vizinha Califórnia. É esperado que até o final do mês todos os comércios estejam abertos, mas ainda com restrições de fluxo de pessoas.

Não está claro como será o acesso aos cassinos, shows, apresentações e festas, que são a parte essencial da economia da cidade de Las Vegas e do estado de Nevada como um todo. (Aeroin – Carlos Martins)

Comentar com o Facebook

Deixe uma resposta