Aplicativos no cotidiano brasileiro: quais os 5 usos mais comuns

Apostas I 01.03.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Aplicativos no cotidiano brasileiro: quais os 5 usos mais comuns
Ainda que cada pessoa instale as apps favoritas e as utilize do modo que mais se adequa a seu cotidiano, alguns hábitos estão claramente ancorados nos aplicativos móveis

A utilização de aplicativos móveis pelos brasileiros é uma tendência mundial que ninguém pode negar, mas que se enraizou de uma forma muito particular no Brasil. Saiba 5 usos que quase todo o brasileiro dá a seus aplicativos.

No momento, estudos revelam que o Brasil se encontra no top 5 do ranking de países que mais utilizam o celular e, desde logo, isso nos permite saber como a mobilidade e a tecnologia são fatores importantes para os habitantes nacionais.

O uso intensivo de smartphones chega principalmente aos instrumentos Android, havendo dados que revelam que 9 em cada 10 equipamentos usam esse sistema operacional. Nele, como é de imaginar, se instalam as mais diversas apps, sendo que as finalidades do uso variam de acordo com a rotina, os gostos e a necessidade de cada usuário.
Com as maiores empresas nacionais e internacionais investindo no mercado dos aplicativos e considerando o empreendedorismo crescente, hoje estamos perante um mercado que conta, literalmente, com milhões de aplicativos disponíveis.

Ainda que cada pessoa instale as apps favoritas e as utilize do modo que mais se adequa a seu cotidiano, alguns hábitos estão claramente ancorados nos aplicativos móveis. Conheça os 5 usos mais comuns desse tipo de app.

1. Jogo online

O jogador brasileiro já se rendeu ao online, o que foi, também, parcialmente motivado por todos os melhores jogos de cassino online estarem agora disponíveis em aplicativos para celular.
Hoje, jogar jogos de azar é algo que os brasileiros fazem em qualquer local e a qualquer hora, rendidos à inovação e apreciando os esforços das melhores marcas de cassino, que investiram de forma intensa em tecnologia, para corresponder às necessidades de mobilidade e imediatismo de seus clientes.
Jogos como os caça-níqueis e o pôquer se encontram entre os prediletos.

2. Consumo virtual

Recentemente, o consumo online no Brasil se tornou uma realidade impossível de ignorar.
Cada vez mais consumidores estão escolhendo lojas online para fazer suas compras, o que também motivou as novas e empreendedoras empresas a criar as apps que povoam os celulares nacionais.

3. Organização do cotidiano

Apps de calendário e de agenda são, hoje, muito comuns nos dispositivos dos trabalhadores e estudantes brasileiros, sendo um dos usos favoritos para os aplicativos de smartphone.
Assistentes digitais que utilizam IA (Inteligência Artificial) se encontram entre os grandes favoritos.

4. Comunicação por meio virtual

Aplicativos de contato interpessoal, para conhecer um parceiro ou para discutir temáticas em sala de bate-papo povoam os celulares brasileiros, sendo que o WhatsApp continua sendo um dos aplicativos mais baixados no país.
A criação de aplicativos diretamente vocacionados para empresas ajudou também ao sucesso das apps, já que passaram a ser uma importante ferramenta de trabalho.

5. Encomenda de alimentos e serviços

Os aplicativos se tornaram, também, uma forma de receber em casa, com apenas alguns cliques, quase todo o tipo de serviço.
Aqui, falamos da alimentação, com serviços de entrega ao domicílio, mas também de serviços de produção de conteúdos, de limpezas, de canalização, ou de eletricista, entre outros.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.