Bolsonaro defende que urnas precisam ter apuração semelhante à Mega-Sena

Blog do Editor I 25.07.22

Por: Magno José

Compartilhe:
“Se alguém quiser apresentar uma medida para mim ou para a Dani (Daniella Marques, presidente) da Caixa para dar mais transparência, a gente vai de imediato acolher”

Em novo ataque sem provas ao sistema eleitoral brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira, sem oferecer detalhes, que as urnas eletrônicas precisam ter um processo de apuração semelhante ao da Mega-Sena, revela reportagem do O Estado de S.Paulo.

“Quais são as sugestões das Forças Armadas? Uma das sugestões é uma apuração semelhante à Mega-Sena da Caixa Econômica Federal. É simples, pessoal”, afirmou o presidente. “Tem gente aqui que desconfia da Mega-Sena. O que eu sei, hoje em dia, é que se alguém quiser apresentar uma medida para mim ou para a Dani (Daniella Marques, presidente) da Caixa para dar mais transparência, a gente vai de imediato acolher”, acrescentou.

De acordo com Bolsonaro, as negociações para mudanças no sistema eleitoral ainda neste ano continuam. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no entanto, já declarou reiteradas vezes que o princípio da anualidade não permite qualquer alteração no rito para as eleições deste ano.

Sobre a reunião com embaixadores na última segunda-feira, quando atacou novamente sem provas a lisura das urnas eletrônicas, Bolsonaro disse que suas afirmações foram baseadas em inquéritos da Polícia Federal.

Mais uma vez, Bolsonaro evitou se comprometer em entregar a faixa presidencial a outra pessoa caso derrotado nas urnas com o atual sistema eleitoral. “Você tá louca que eu responda que não, né?”, respondeu ao ser questionado.

 

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.