Caixa lança espaço piloto do Programa ‘Caixa Pra Elas’ no Recife

Blog do Editor I 03.08.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Caixa lança espaço piloto do Programa ‘Caixa Pra Elas’ no Recife
A microempreendedora individual, Maria Lúcia de Oliveira e a presidente da Caixa, Daniella Marques (Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

A Caixa Econômica Federal vai contar com um novo espaço para estimular o empreendedorismo feminino, o Programa Caixa Pra Elas. A presidente do banco, Daniella Marques, visitou nesta terça-feira (2) o espaço piloto do programa na agência do Cais do Apolo, no Bairro do Recife.

O programa visa promover ações de orientação sobre medidas de prevenção e acolhimento da mulher em situação de violência, educação financeira para promoção do empreendedorismo e oferta de produtos e serviços bancários direcionados ao público feminino.

“Estamos fazendo um teste da nossa estratégia que é focada no cuidado especial para mulheres. É uma valorização da mulher, será lançado no dia 9 de agosto quando é pago o Auxílio Brasil de R$ 600, que beneficiam 15,5 milhões de mulheres e que elas podem ser MEI sem perder o auxílio”, disse Daniella Marques. O programa foi criado meses após o escândalo envolvendo o ex-presidente do banco Pedro Guimarães ter sido acusado de assédio sexual e moral contra funcionárias da entidade.

O lançamento nacional do programa está previsto para o dia 9 de agosto e, até o final do mês, a Caixa terá 1 mil agências com os espaços dedicados às mulheres.

“Serão 250 agências ainda semana que vem. Todas as agências terão duas embaixadoras, com equipe treinada para dar informação, para que a mulher possa despertar, ajudando a cuidar das finanças da casa, para ter juros mais baratos, com carência, para apoiar na gestão financeira da casa, crescer o próprio negócio e dar oportunidades”, declarou a presidente da Caixa.

No total serão 8 mil empregados capacitados para o atendimento especializado em todas as unidades do banco.

Na ocasião, a microempreendedora individual, Maria Lúcia de Oliveira, foi a primeira cliente do banco a ter acesso aos produtos financeiros ofertados no programa. “Trabalho com revestimento de papel de parede e espero que com isso tudo volte ao normal, espero que possa melhorar. Vim buscar ajuda financeira para poder continuar e vou poder investir no meu negócio, através do microcrédito, vou poder comprar materiais, pagar contas que não param de chegar”, contou.

A visita contou ainda com a presença da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e do ministro do Turismo, Carlos Brito, entre outras autoridades. (Folha de Pernambuco – Matheus Jatobá)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.