De Acopiara para o ‘Maracanã do turfe’: cearense pode ser a primeira mulher a vencer o GP Brasil

Blog do Editor I 24.06.22

Por: Magno José

Compartilhe:
A cearense Jeane Alves (Foto: Felipe Rau – Instagram da joqueta)

Esta na foto ao lado é a cearense Jeane, de uma cidadezinha chamada Acopiara. Quando ela tinha apenas 18 anos, já apaixonada por cavalos, decidiu tentar a vida como aprendiz de jóquei em São Paulo.

“A dificuldade foi grande. Primeiro, por não ter as técnicas na época, por ser uma mulher no meio de tantos homens”, conta. “Por conta da minha experiência, afinal, são quase 14 anos montando, hoje em dia as coisas estão melhorando… “.

Hoje 33 anos, Jeane é a única mulher a disputar a prova principal da 90ª edição do Festival Grande Prêmio Brasil, que começa nesta sexta-feira no Jockey Club Brasileiro, na Gávea. Com o cavalo Roxoterra, ela pode ser a primeira mulher a ganhar essa prova.

E ela não estará sozinha. A joqueta Victoria Mota, cria da Gávea, tem chances de ganhar outra importante prova do Festival, o Clássico Imprensa (que homenageia o meio jornalístico), com a égua La Toscana, na sexta-feira. (Blog Ancelmo Gois – Globo Online)

***

Apostar no site do JCB é simples, confira o passo a passo

Confira o vídeo de como é fácil apostar pela internet no site www.apostas.jcb.com.br.

Quer saber quanto você ganha, tipos de aposta e mais? Acesse:

https://apostas.jcb.com.br/pt-br/comoapostar.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.