Dois cavalos morreram após corrida de cavalo na Inglaterra

Jockey I 11.04.22

Por: Magno José

Compartilhe:

O Grand National, uma tradicional corrida de cavalos puro-sangue com obstáculos, teve como saldo as mortes de dois animais. A prova foi realizada neste sábado, em Aintree, na Inglaterra, com a participação de 40 competidores, e gerou uma onda de críticas nas redes sociais. A disputa movimenta casas de aposta.

A primeira morte foi confirmada ainda no sábado. O cavalo Discorama não resistiu aos ferimentos sofridos entre a 12ª e a 13ª cercas. O animal era bicampeão do torneio.

— Depois da corrida, Discorama, que havia parado no meio da prova, foi avaliado na unidade de tratamento veterinário de Aintree, dentro dos estábulos. Infelizmente, determinamos que ele havia sofrido uma lesão pélvica intratável e agora foi necessário colocá-lo para dormir por motivos de bem-estar — afirmou o Chris Proudman, conselheiro veterinário do Hipódromo de Aintree.

Neste domingo houve a confirmação da morte do segundo cavalo, o castrado Eclair Surf. A informação foi dada pela treinadora do animal, Emma Lavelle.

“Estamos muito tristes em informar que tendo sofrido uma lesão traumática na cabeça no Grand National de ontem, Eclair Surf perdeu sua luta nesta manhã”, afirmou Lavelle, em suas redes sociais. “Ele era um cavalo incrivelmente especial, amado por todos”, acrescentou.

Eclair Surf recebeu os primeiros socorros no hipódromo por uma equipe de veterinários “de primeira classe”, antes de ser transferido para a universidade de Liverpool, onde foi tratado durante toda a noite toda. O animal morreu na manhã deste domingo.

As mortes geraram uma onda de críticas nas redes sociais. Usuários lembraram, sobretudo, que os animais são colocados para correr para que os apostadores tentem ganhar algum dinheiro.

A corrida movimenta as casas de aposta. A procura foi tão grande que os sites Bet365, SkyBet e Ladbrokes apresentaram instabilidade e chegaram a ficar fora do ar, conforme relatos compartilhados pelos usuários nas redes sociais.

O Grand National é realizado desde o século XIX em Aintree na Inglaterra. A edição deste ano foi vencida pelo cavalo Noble Yeats. O prêmio foi entregue pela Duquesa da Cornualha, Camilla Parker-Bowles, mulher do príncipe Charles. (O Globo)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.