Lotéricos no Panamá protestam contra a modalidade eletrônica

Blog do Editor I 24.06.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Vendedores da Loteria Nacional do Panamá protestaram contra as vendas da loteria eletrônica

Um grupo de lotéricos fez uma manifestação em frente à Loteria Nacional de Caridade (LNB) para rejeitar a loteria eletrônica.

Conforme noticiado, a assinatura do quinto aditivo ao contrato 213.908, que promove o sorteio eletrônico, visa a criação de um sorteio instantâneo. Caso se concretize, assegura, estarão em risco os empregos de mais de 60 mil famílias, pelo que repudiaram essa possibilidade.

Embora os fornecedores garantam que o adendo foi assinado em 2 de junho, do LNB garantem que ainda não foi feito.

“Esclarecemos que a entidade mantém contrato com a empresa Scientific Games International, Inc., firmado desde 13 de março de 2013, por meio do contrato nº. 2013 (9)08, cuja data de validade é 2 de maio de 2023”, disse ele em comunicado.

Segundo a entidade, será feito um trabalho com a Universidade Tecnológica do Panamá para realizar um estudo abrangente para fortalecer seus processos internos. Além disso, levará tudo o que for avaliado para uma mesa de trabalho com os fornecedores do país a fim de alcançar um cenário “ganha-ganha”. (SBC Notícias – Fernando Noodt)

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.