China anuncia novas medidas contra jogos de azar transfronteiriços

Destaque I 17.06.21

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
A Administração do Ciberespaço da China anunciou quatro novas medidas para combater o jogo transfronteiriço

A China continua a travar guerra contra o jogo transfronteiriço, tanto o jogo online quanto o jogo em cassinos fora das fronteiras da China.

Agora, a Administração do Ciberespaço da China (CAC) anunciou quatro novas medidas.

De acordo com o Global Times, a proposta do CAC inclui:

– Aprimorando ataques de precisão em grupos de jogos de azar no exterior.

– Fortalecimento da supervisão de serviços de blockchain e plataformas relacionadas.

– Consolidando a responsabilidade das plataformas online.

– Formando uma estrutura eficaz dentro das autoridades responsáveis.

As autoridades irão punir as plataformas online que fornecem serviços de promoção de pagamento para jogos de azar no exterior. O CAC também monitorará os serviços de blockchain, incluindo armazenamento em nuvem e serviços de rede privada virtual (VPN) para ter um controle mais amplo.

Desde que as autoridades declararam uma forma de anistia em fevereiro, 914 residentes da China continental confessaram envolvimento em crimes de jogo transfronteiriços.

O Ministério da Segurança Pública disse que a polícia investigou mais de 18.000 casos de jogos de azar transfronteiriços e prendeu 110.000 pessoas desde 2020.

De acordo com Zhao Kezhi, o ministro da Segurança Pública, a polícia também detectou 2.800 plataformas ilegais de pagamento, mais de 3.400 plataformas de jogos de azar e mais de 2.200 plataformas de promoção de jogos de azar.

A polícia também invadiu bancos clandestinos e 1.400 equipes técnicas ilegais ligadas ao jogo transfronteiriço. (Focus Gaming News Ásia)

Comentar com o Facebook