Gestão Covas consegue revogação de liminar do Jockey Club de SP para não pagar IPTU em 2021

Compartilhar
Segundo estimativa da defesa do clube, o valor do imposto para 2021 gira em torno de R$ 18 milhões
A gestão Bruno Covas (PSDB) conseguiu a revogação de liminar que havia sido conquistada pelo Jockey Club de São Paulo para não pagar IPTU em 2021.
Em sua decisão, a relatora Silvana Malandrino Mollo, do Tribunal de Justiça de São Paulo, afirmou que o clube não provou preponderância de atividade rural, o que seria necessário para a avaliação do argumento do clube de que não deveria pagar IPTU, mas sim Imposto Sobre Propriedade Territorial Rural.
Segundo estimativa da defesa do clube, o valor do IPTU para 2021 gira em torno de R$ 18 milhões.
O clube tem na dívida ativa da prefeitura, segundo o cadastro online, débitos que somam R$ 154 milhões. Há ainda outras parcelas de valores milionários em aberto, que não entraram nesta conta. O clube contesta estes valores e briga na Justiça em várias ações.
O Jockey vive problemas financeiros. Além da dívida com a prefeitura, teve queda de faturamento durante a pandemia. (Painel – Fábio Zanini – Folha de S.Paulo)
Comentar com o Facebook