MGA do JCB com boa resposta no dia das ‘Tríplices–coroas’

Compartilhar
O Movimento Geral de Apostas (MGA) de domingo no Hipódromo da Gávea foi de R$ 857.272,30, na segunda–feira R$ 694.036,85 e na terça-feira R$ 709.425,03

O turfista se comporta nos guichês de apostas de acordo com o que lhe é oferecido em termos de qualidade dos páreos. Mais uma vez, nesta última semana, este fato ficou comprovado. O Movimento Geral de Apostas (MGA) de domingo à tarde, no Hipódromo da Gávea alcançou a marca de R$ 857.272,30. O alto nível do produto oferecido pelo JCB, com duas provas de Grupo I, os GPs Henrique Possolo e Estado do Rio de Janeiro, o Grupo III, Grande Prêmio Escorial, com a presença do melhor puro–sangue em atividade no país, PImper’s Paradise, e coadjuvantes de luxo. E, de quebra, a Prova Especial Wild Event, com ótimos corredores. É claro, que a disputa de 11 páreos ajudou também.

Na segunda–feira, com 10 provas, a queda do MGA foi considerável, para R$ 694.036,85. Um mistério a reunião deste dia, durante longos anos a favorita dos apostadores, ter caído tanto na arrecadação. Talvez, apenas uma hipótese, seja o horário de 16h. O primeiro dia útil da semana prende os trabalhadores até mais tarde nos seus compromissos. E outrora, antes da fatídica pandemia, o primeiro páreo da reunião tinha largada só às 18h15. O mesmo acontece com a terça–feira, com as corridas tendo início mais cedo do que na época da vida normal. Em termos de segurança para apostadores e donos de agentes credenciados tudo bem. O horário vespertino evita os problemas com assaltos. Todo mundo chega maios cedo em casa. Da até para ver a novela e o final do Jornal Nacional.

Tenho quase certeza da influência negativa da mudança do horário. Eu disse quase. Não é convicção. Estas duas horas fazem a diferença. Questão de mobilidade urbana e de outros pequenos detalhes de trânsito e transporte. Com apenas nove páreos, a corrida de terça arrecadou R$ 709.425,03. Continua a dar banho na de segunda, embora esta tenha sempre um programa de qualidade superior. Sinal verde para a Comissão de Corridas qualificar mais os páreos desta programação, incluindo mais páreos de grama já que a corrida começa no horário das antigas matinês. A formação de apenas dois programas nesta semana foi tremenda ducha de água fria. A turma adora feriados. Os páreos somem no Natal, no Ano Novo, etc. E, até mesmo quando estes feriados fazem parte de um carnaval de araque. (Raia Leve – Paulo Gama)

Comentar com o Facebook