Roubo do cassino Landing Jeju se torna grande história da mídia

Compartilhar
A história do roubo do Landing Casino, no resort integrado Jeju Shinhwa World na Coreia do Sul, parece com o assalto do filme Onze Homens e um Segredo

Pode não ser exatamente como o filme Ocean’s Eleven (Onze Homens e um Segredo), mas o roubo do cassino no Jeju Shinhwa World da Landing International Development cativou a imaginação da mídia nacional e internacional da Coréia do Sul.

A história surgiu de forma bastante modesta, com a Landing Casino emitindo um pedido para a Bolsa de Valores de Hong Kong, mas o drama que o pedido sugeria cresceu e se tornou uma tempestade maior na mídia com o passar dos dias.

No processo original, Landing Casino observou que o desaparecido KRW14,6 bilhões (US$ 13,3 milhões) teria sido levado pelo funcionário responsável, que desde então estava desaparecido. Nesse ínterim, descobriu-se que a executiva em questão é uma mulher da Malásia que não voltou ao trabalho quando o feriado de Ano Novo acabou.

No bom estilo de Hollywood, os investigadores parecem estar perplexos sobre como exatamente ela conseguiu. O dinheiro pesava 280 quilos, pesado demais para uma pessoa carregar, e os registros da câmera de segurança, que poderiam fornecer algumas respostas foram aparentemente apagados.

Parece ter sido uma operação extremamente bem planejada por alguém totalmente no comando das medidas de segurança, e programada para as férias de modo a proporcionar-lhe dias antes que o roubo fosse descoberto.

No longo prazo, entretanto, a natureza dramática do evento provavelmente funcionará contra o ladrão e seus supostos cúmplices, já que tanta atenção da mídia não pode ser útil para a fuga. Por outro lado, como sua identidade ainda não foi revelada ao público, talvez isso não a atrapalhe tanto.

A Landing International também enfrentará, sem dúvida, algumas questões incômodas sobre como proceder para escolher seus funcionários que administram milhões em dinheiro, aparentemente sem supervisão efetiva. (Asian Gaming Brief)

Comentar com o Facebook