CPI das Apostas: mais um jogador pede habeas corpus ao STF para não depor

Blog do Editor I 15.06.23

Por: Elaine Silva

Compartilhe:
O zagueiro Paulo Miranda não quer depor à CPI das Apostas e pediu extensão da decisão que beneficiou Eduardo Bauermann (Foto: Fernando Alves/EC Juventude)

O zagueiro Paulo Miranda, um dos atletas envolvidos no esquema de manipulação de apostas investigado pelo MP de Goiás, pediu ao STF para não depor à CPI das Apostas Esportivas, na Câmara dos Deputados.

Miranda pediu a extensão dos efeitos da decisão que beneficiou o também zagueiro Eduardo Bauermann. Na segunda-feira, o ministro André Mendonça concedeu habeas corpus para transformar em facultativa a presença do atleta na CPI. (Globo Online – Ancelmo Gois)

Comentar com o Facebook