Empreendedores já disputam vaga para cassino em Balneário Camboriú, em Santa Catarina

Cassino I 07.03.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Pelas regras aprovadas no Congresso Nacional, SC poderia ter apenas um empreendimento do gênero

A aprovação na Câmara dos Deputados do projeto que legaliza cassinos, bingos e jogo do bicho já atrai investidores para Santa Catarina. A construção de um cassino resort em Balneário Camboriú já teria pelo menos dois interessados. O investimento pode passar de R$ 3 bilhões.
O texto aprovado pelos deputados federais prevê no máximo três licenças para construção por Estado quando a população for maior que 25 milhões de habitantes. Naqueles que têm entre 15 e 25 milhões duas licenças seriam concedidas. Nos Estados com população inferior a 15 milhões, apenas uma licença poderá ser concedida – é o caso de Santa Catarina. O interesse pelo município no Litoral Norte se dá principalmente pelo poder aquisitivo dos moradores. (Fonte: Visor Notícias com Mercado Imobiliário)

***

Lei dos jogos pode permitir cassino em SC e bingos em todas as cidades; entenda a proposta
Apenas as três maiores cidades do Estado poderão ter mais de um bingo; proposta divide opiniões sobre impacto econômico e problema do vício

O projeto de lei que tenta legalizar jogos no Brasil pode permitir a criação de um cassino resort e de pelo menos um bingo em cada cidade de Santa Catarina. Além disso, também está prevista a possibilidade de “cassinos turísticos”, que não têm restrição de acordo com a população.
A proposta prevê que, no caso de cassinos resort, cada estado com menos de 15 milhões de habitantes poderá ter um estabelecimento — é o caso de Santa Catarina. Rio de Janeiro e Minas Gerais, que têm população entre 15 e 25 milhões de habitantes, poderiam ter dois cassinos e São Paulo, único a ter mais de 25 milhões de moradores, poderá ter três empreendimentos. Leia mais no NSC Total.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.