Febralot divulga nota de pesar pela morte do senador Major Olímpio

Compartilhar
Major Olímpio esteve em apoio à Rede Lotérica durante anos. Esteve junto com os empresários lotéricos em uma das maiores manifestações da Categoria já realizadas em Brasília (Foto: Febralot)

Morreu nesta quinta-feira (18) o senador Major Olímpio (PSL-SP). O senador, de 58 anos, foi diagnosticado com Covid-19 em março de 2021, teve a situação agravada para a UTI no dia 5 no Hospital São Camilo, em São Paulo, onde passou por duas entubações. Favorável à vacinação como única forma de acabar com a doença, acabou sendo mais uma vítima entre os milhares ceifados por todo o país e pelo mundo. Major Olímpio deixa esposa e filhos.

A notícia da morte, foi divulgada pela assessoria por meio do Twitter: “Com muita dor no coração, comunicamos a morte cerebral do grande pai, irmão e amigo, Senador Major Olimpio. Por lei a família terá que aguardar 12 horas para confirmação do óbito e está verificando quais órgãos serão doados. Obrigado por tudo que fez por nós, pelo nosso Brasil”, conforme divulgou a Agência Senado.

“Major Olímpio esteve em apoio à Rede Lotérica durante anos. Esteve junto com os empresários lotéricos em uma das maiores manifestações da Categoria já realizadas em Brasília. Foi um parceiro ativo em todos os pleitos da Rede Lotérica junto aos parlamentares e indiscutivelmente é uma perda inigualável para o país. Sua voz grave e forte sempre foi marcante em seus discursos no plenário e era impossível deixar de ouvir suas opiniões na tribuna.

A Federação Brasileira das Empresas Lotéricas lamenta a perda e roga por consolo e força aos familiares.

A democracia brasileira fica mais fraca sem o Major… Nossos mais profundos sentimentos”, lamenta a Diretoria Febralot.

Comentar com o Facebook