FEBRALOT mobiliza lotéricos pela volta do convênio da Caixa com o Banco do Brasil

Compartilhar
A FEBRALOT está solicitando que os lotéricos encaminhem correspondência para os parlamentares pedindo o apoio para recuperar o convênio

A Federação Brasileira das Empresas Lotéricas – FEBRALOT está mobilizando os empresários pela volta do convênio entre a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil para compartilhamento da rede lotérica.

A entidade está solicitando que os lotéricos encaminhem correspondência para os parlamentares pedindo o apoio para recuperar o convênio.

“A Federação Brasileira das Empresas Lotéricas, FEBRALOT está tentando recuperar o convênio com o Banco do Brasil, para as casas lotéricas. Para que isso ocorra precisamos do empenho de todos junto aos seus políticos. Contatem seus parlamentares e façam o pedido de apoio em nome da rede lotérica também. Aproveite ofício modelo, não se esqueça de personalizar com os seus dados”, convoca a entidade.

Confira o texto do modelo de ofício:

“Em 18 de novembro próximo passado, a parceria CAIXA/Banco do Brasil, foi interrompida de forma abrupta, causando grandes transtornos a toda população que se utilizava dos serviços patrocinados pelas Casas Lotéricas em todo o Brasil.

Uma coisa boa que o governo fez no passado e que há mais de 10 anos vinha servindo às pessoas, principalmente onde não tem agência bancária, uma prática que vinha dando muito certo, e atendendo uma demanda das camadas mais simples da cidadania em nosso País.

São correntistas, aposentados, pessoas simples de cidade distantes, que estão sofrendo e sem opção para movimentar suas contas, deixando uma imensidão de pessoas sem atendimento.

Segundo a CUT mais de 40% das cidades brasileiras não tem agência bancária. De cada cinco cidades brasileiras, 2 não têm agência de banco, nos últimos 6 anos foram fechadas 2.414 agências bancárias, por medida de contenção e concorrência com bancos digitais. A Caixa e o Banco do Brasil apostam em estratégias próprias, mas infelizmente se esqueceram do povo mais humilde, muitos deles sequer têm acesso à internet. Lamentavelmente não tiveram a necessária prudência, pelo menos até as inovações tecnológicas serem acolhidas pela sociedade, como no caso do PIX.

Senão vejamos:

A suspensão provocou descontentamento generalizado de todos aqueles que tinham como hábito fazer seus saques, consulta de saldos e pagamentos de contas nas lotéricas conveniadas, sem ter que ficar andando com valores em espécie, correndo risco de serem assaltados, e agora sem opção, de como realizarem seus costumeiros serviços, pedem o retorno imediato do convenio.

Nós lotéricos também tivemos grandes perdas com essa decisão abrupta, afinal dependemos dessas receitas para manter nosso negócio nesse momento difícil dos Pais.

Vimos ao final, com todo respeito e confiança que sempre depositamos em Vossa Excelência, pedir que interceda junto ao Governo e instituições bancárias referendadas, para o retorno imediato do Convenio Caixa/Banco do Brasil, por ser de interesse público e cidadania.”

Comentar com o Facebook