Governo holandês proíbe publicidade de casas apostas no esporte a partir de 2025

Apostas I 22.04.23

Por: Magno José

Compartilhe:
AZ Alkmaar, clube da primera divisão do Campeonato Holandês (Foto: Reprodução / Instagram @azalkmaar)

Com o objetivo de aumentar a proteção dos grupos vulneráveis, principalmente dos jovens, contra o risco de dependência em jogos de azar, o governo holandês divulgou que as entidades esportivas não poderão ser patrocinadas por plataformas de apostas após julho de 2025.

Além disso, publicidade de empresas do segmento em rádio, televisão aberta e exposição estática em outdoors também serão proibidos no país, porém já a partir da metade deste ano. No entanto, as plataformas de apostas continuarão podendo anunciar na internet, através das redes sociais, e em canais fechados de televisão, porém sob condições limitadas.

“A publicidade é necessária para tornar conhecida a oferta legal de jogos de azar online, para que as pessoas não joguem ilegalmente. Ao mesmo tempo, como governo, também temos o dever de proteger os grupos vulneráveis ​​dos riscos do jogo online. Com esta proibição, os grupos vulneráveis, especialmente os jovens, ficam menos expostos a estes anúncios e limitamos a tentação de iniciar jogos de risco”, disse Franc Weerwind, Ministro da Proteção Legal da Holanda.

Com isso, a proibição do governo holandês vai além das recentes medidas tomadas pelo Reino Unido para limitar os patrocínios de casas de apostas aos clubes da  Premier League, que não poderão contar com empresas do setor na propriedade máster dos uniformes a partir do fim da temporada 2025/2026.

Vale destacar que na Eredivisie, primeira divisão do Campeonato Holandês, algumas equipes estampam plataformas de apostas em seus uniformes, como AZ Alkmaar (Kansino), Fortuna Sittard e FC Volendam (ambos com a BetCity), enquanto vários outros clubes têm acordos com empresas do setor para outras propriedades, como é o caso da Unibet com o Ajax. (Máquina do Esporte)

 

Comentar com o Facebook