Inteligência artificial vai identificar apostadores online com problemas e bloquear funcionalidades de risco

Compartilhar
Este sistema de proteção, conhecido como Advanced Protection & Care (ARC) será estreado no Reino Unido na segunda metade do ano

O isolamento devido à COVID-19 catalisou para a internet os apostadores de jogos de azar e cassinos, fazendo disparar o jogo online. Como muitos destes utilizadores acabam isolados, e sem o apoio prestado nos espaços presenciais, podem correr o risco de ter comportamentos de risco. É nesse sentido que a Entain Plc, especialista em apostas esportivas e outros jogos online, está criando um sistema baseado em inteligência artificial para ajudar apostadores compulsivos ou problemáticos a diminuir os riscos. Isto de forma a cumprir com as normas regulatórias britânicas.

Segundo adiantou a Bloomberg, a empresa está usando big data para identificar os problemas dos apostadores. Será utilizado ainda data science e aconselhamento de especialistas em psicologia para identificar os apostadores online com comportamentos erráticos. Uma vez identificados, o sistema pode desligar algumas das suas funcionalidades de maior risco ou encaminhar esses jogadores para o serviço de clientes, antes que as suas apostas o prejudiquem.

Este sistema de proteção, conhecido como Advanced Protection & Care (ARC) será estreado no Reino Unido na segunda metade do ano. E conforme é explicado por um dos responsáveis da empresa, o produto visa ajustar-se aos utilizadores problemáticos, diminuindo as suas ofertas, ainda que deixe os apostadores manterem-se ativos, mas com riscos reduzidos. “É como se conduzisse um carro com um sistema de freios muito sofisticado”, é dada a comparação.

Devido ao vasto crescimento das apostas online, os reguladores têm atuado com medidas tais como proibição ou limitação de publicidade. As empresas que oferecem estes serviços estão sobre pressão do escrutínio dos reguladores, e dos especialistas que argumentam que esta indústria fatura com os seus produtos mais viciantes.

A tecnologia ARC vai personalizar os perfis dos seus clientes e identificar quando é necessária uma intervenção aos mesmos. A Entain recebeu feedback de acadêmicos do Reino Unido e Alemanha no desenvolvimento do sistema, esperando no futuro partilhá-lo com outras empresas do setor (veja em Apostas). Este elemento regulador será o contraponto dos jogos mais viciantes que possam ser criados. No mesmo sentido, a empresa refere que mudou os seus princípios, desenvolvendo e promovendo os seus jogos não para os jogadores que jogam compulsivamente, mas para aqueles que jogam por diversão. (TEK Sapo)

Comentar com o Facebook