Jair Luis Mahl assume a vice-presidência Rede de Varejo da Caixa

Destaque I 23.03.22

Por: Magno José

Compartilhe:
Jair Luis Mahl assume o cargo de Paulo Angelo, que chegou a ser cotado para substituir o presidente da Caixa Econômica Federal, mas a articulação irritou Pedro Guimarães

Jair Luis Mahl é o novo vice-presidência de Rede de Varejo – VIRED da Caixa Econômica Federal em substituição a Paulo Henrique Angelo Souza, que foi nomeado diretor da Diretoria Executiva de Habitação – DEHAB.

Graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Controladoria e em Gestão Pública, e especialista em Gerenciamento e Gestão Financeira em Mercado de Capitais, Mahl ocupava o cargo de vice-presidente de Habitação.

Segundo reportagem do O Bastidor, Paulo Angelo chegou a ser cotado para substituir o presidente da Caixa Econômica Federal, quando o Pedro Guimarães for nomeado ministro da Cidadania no lugar de João Roma.

O problema é que esta articulação irritou Pedro Guimarães, que já afirmou já ter escolhido como seu sucessor Celso Leonardo Barbosa, vice-presidente de Negócios de Atacado. Celso não é funcionário de carreira do banco. Chegou à Caixa para ser assessor de Pedro Guimarães. Em seguida, tornou-se VP.

Inclusive, Celso Leonardo Barbosa esteve na solenidade de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Lotéricos, realizada nesta quarta-feira (16) em Brasília.

***

Bolsonaro fecha os nomes das trocas da reforma ministerial

O presidente Jair Bolsonaro fechou os nomes os ministros que vão deixar o primeiro escalão até o fim do mês, quando haverá uma reforma ministerial. Esses ministros estão de saída do governo porque vão disputar uma vaga no Senado ou nos governos estaduais nas eleições de outubro e, pelas regras eleitorais, têm que se descompatibilizar dos atuais cargos, revela o Blog Gerson Camarotti.

Bolsonaro bateu o martelo das substituições em conversar com interlocutores próximos nos últimos dias, como o ministro Ciro Nogueira (Casa Civil).

Vão deixar o governo para se candidatar: Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), João Roma (Cidadania), Flávia Arruda (Secretária de Governo), Tereza Cristina (Agricultura), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), Gilson Machado (Turismo), Onyx Lorenzoni (Trabalho) e Braga Netto (Defesa), que deverá ser o vice de Bolsonaro nas eleições.

Comentar com o Facebook
error: O conteúdo está protegido.