Na Gávea, só jóqueis com teste negativo de Covid puderam montar

Compartilhar
Aqueles que apresentaram no Serviço Médico do JCB os exames, com diagnóstico negativo para o vírus, foram liberados para atuar na reunião da tarde de terça-feira

Depois da constatação de dois casos de jóqueis com teste positivo para Covid 19, na manhã desta terça-feira (20), na Gávea, a diretoria do Jockey Club Brasileiro se reuniu, e decidiu orientar a todos os demais pilotos com matrícula na entidade para realizarem testes para avaliar a situação de cada um.

Aqueles que apresentaram no Serviço Médico do JCB os exames, com diagnóstico negativo para o vírus, foram liberados para atuar na reunião da tarde. E, logo em seguida, também puderam assinar os seus compromissos de montaria para as três reuniões do próximo sábado, segunda e terça-feira, nos dias 24, 26 e 27 de abril, no prado carioca.

Este foi o motivo para tantas trocas de montaria durante a programação da terça-feira, no Hipódromo da Gávea. Além dos dois profissionais contaminados, outros seis jóqueis e três aprendizes, também apresentaram resultado positivo para Covid. Os dirigentes então determinaram que eles cumprissem quarentena em suas casas.

Depois do isolamento social, assim que estiverem imunizados, e de posse do exame, com teste negativo, poderão reiniciar, normalmente, as suas atividades profissionais nos treinos matinais e nas corridas. Embora tenhamos conhecimento dos nomes dos atletas contaminados, decidimos respeitar a privacidade de todos. (Raia Leve – Redação)

Comentar com o Facebook