Proprietário critica multa de R$ 5 mil aplicada pela Prefeitura a lotérica de Uberaba

Compartilhar
Os fiscais da Prefeitura de Uberaba estiveram no estabelecimento e verificaram a presença de fila externa de pessoas

O decreto municipal 345, que estabelece as diretrizes da Onda Roxa em Uberaba, exige medidas sanitárias de distanciamento social para o funcionamento de agências bancárias e similares. Entre as medidas, estão a demarcação e o controle das filas externas sob responsabilidade do proprietário. Na manhã desta quinta (11), a reportagem do Jornal da Manhã foi acionada por um dono de loteria multado em R$ 5 mil pelo Departamento de Posturas alegando possível injustiça na punição.
De acordo com o dono, os fiscais da Prefeitura de Uberaba estiveram no estabelecimento ontem (10), e verificaram a presença de fila externa de pessoas. Questionado pelos agentes, o homem apresentou as marcações exigidas pelo decreto e justificou a ausência de um funcionário específico no controle por problemas com a seguradora, já que o contrato não cobre qualquer ocorrência fora da blindagem dos balcões.
“Se eu colocar uma funcionária lá fora, o seguro não cobre. Toda cobertura da seguradora e da Caixa é da blindagem para dentro. Se o meliante vem e põe uma pistola na cabeça da funcionária que está lá fora, você acha que os outros funcionários vão obedecer a orientação de não abrir a porta?”, declara o proprietário.
Na avaliação do homem, não é prudente fechar as portas de uma vez e dispersar as pessoas que estão na fila. Há necessidade de adaptar a demanda e garantir que todos consigam pagar as contas sem multas e juros.
“Já estava mantendo o povo separado, existe a marcação na calçada. Tudo que estão pedindo estamos adaptando, mas a pessoa tem que pagar a conta dela no dia. Se eu fechar às 18h, fazer o que a prefeita está mandando, como faço com o pai de família que veio pagar aqui e no dia seguinte ele paga com juros e com multa?”, justifica o empresário.
Além disso, ele desabafa que “com R$ 5 mil de multa, não compensa ficar aberto”.
O dono informou à reportagem que contratou um escritório de advocacia para apresentar a defesa e entender as providências que podem ser tomadas. (Jornal da Manhã – Luiz Henrique Cruvinel – Uberaba – MG)

***

Covid-19: casas lotéricas de Ivaiporã (PR) não abriram nesta quinta
As duas casas lotéricas de Ivaiporã não abriram as portas nesta quinta-feira (11), após um dos  funcionários testar positivo para Covid-19.
Segundo comunicado do proprietário dos estabelecimentos, funcionários da lotérica que fica localizada na Av. Brasil, em frente à Praça Manoel Teodoro da Rocha, testaram positivo para o coronavírus.
Na outra lotérica localizada no Edifício Onnix, os funcionários também passaram por exames e todos com resultado negativo.
Por precaução, o proprietário decidiu também manter as portas fechadas.
Conforme o comunicado, na sexta-feira (12), novos testes serão realizados, caso negativo, a casa lotérica retorna as atividades no sábado (13). (TNOnline – PR)

Comentar com o Facebook