Zona Portuária do Rio pode ganhar cassino de luxo caso estabelecimento seja novamente legalizado

Compartilhar
Na capital fluminense, há um projeto para um cassino interligado a um resort de luxo na Zona Portuária, parte da região central da cidade (Imagem: wikipedia)

O Brasil e mais especificamente o Rio de Janeiro poderão ter, em breve, o retorno dos cassinos. Isso porque está em pauta no Congresso Nacional, tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado Federal, para o reaquecimento da economia, a legalização da referida modalidade de jogo, proibida no país desde 1946.

Na capital fluminense, há um projeto para um cassino interligado a um resort de luxo na Zona Portuária, parte da região central da cidade. Em março de 2019, inclusive, o editor-chefe do DIÁRIO DO RIO, Quintino Gomes Freire, comentou a respeito da possibilidade do retorno deste tipo de estabelecimento ao estado.

E o interesse pelas casas é tão grande que alguns grupos internacionais já chegaram a divulgar estimativas de que, em apenas um empreendimento desse tipo, por exemplo, poderiam investir aproximadamente 10 bilhões de dólares (o equivalente a R$ 53 bilhões na conversão atual).

A maior resistência pela aprovação dos cassinos atualmente é das bancadas religiosas no Congresso Nacional, mas tanto o presidente da Câmara, Arthur Lira, quanto o do Senado, Rodrigo Pacheco, já estão em conversas com investidores para tentar, finalmente, voltar a legalizar a atividade.

O retorno dos cassinos ao Brasil, além de reaquecer a economia do país, seria importante também para o turismo, uma vez que provavelmente receberia bastante turistas de outros países sul-americanos, fazendo caminho contrário aos brasileiros, que costumam viajar para Argentina, Bolívia, Colômbia, Paraguai, Uruguai e Venezuela para conseguir jogar. (Diário do Rio – RJ)

Comentar com o Facebook