Caixa anuncia abertura de 75 novas agências, mas não aponta solução para déficit de aproximadamente 20 mil bancários

Compartilhar
A FENAE destaca que a Caixa chegou a ter 101,5 mil trabalhadores em 2014 e atualmente conta atualmente com 84,2 mil empregados

A direção da Caixa Econômica Federal revelou que serão abertas 75 agências do banco nos próximos três meses. Segundo o anúncio — feito na noite da última quinta-feira (28) por Jair Bolsonaro e o presidente do banco, Pedro Guimarães —, mais de 50 dessas unidades serão instaladas nas regiões Norte e Nordeste, em municípios com mais de 40 mil habitantes e boa parte delas será focada no agronegócio. Guimarães, contudo, não informou como as agências vão funcionar, considerando que a estatal possui um déficit de aproximadamente 20 mil bancários.

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) observa que o banco público chegou a ter 101,5 mil trabalhadores em 2014 e atualmente conta atualmente com 84,2 mil empregados. Apesar disso, a Caixa trabalha com a estimativa de desligamento de mais 7,2 mil trabalhadores por meio de Programa de Desligamento Voluntário. Com a saída de 2,3 mil empregados no último PDV, em dezembro, o atual déficit é de 19,6 mil bancários, colocando em risco real a capacidade e a qualidade da assistência à sociedade. (BNLData)

Comentar com o Facebook