CPI das Apostas Esportivas vai ouvir José Francisco Manssur nesta quarta-feira

Apostas I 15.06.24

Por: Magno José

Compartilhe:
CPI das Apostas Esportivas no Senado muda de nome
O requerimento de convite de autoria do senador Eduardo Girão (Novo-CE) foi baseado em uma reportagem da revista Veja

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas (CPIMJAE) vai ouvir como convidado na quarta-feira (19), a partir das 14h, José Francisco Manssur, ex-assessor especial do Ministério da Fazenda. O requerimento (REQ 28/2024 – CPIMJAE) do senador Eduardo Girão (Novo-CE) foi baseado em uma reportagem da revista Veja.

A matéria jornalística, publicada em setembro de 2023, abordou um alerta do ex-assessor do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, de que um deputado federal teria solicitado valores milionários a uma associação de empresas de apostas.

“Manssur foi procurado pelo presidente da Associação Nacional de Jogos e Loterias, Wesley Cardia, que narrou em uma conversa reservada que foi abordado pelo deputado Felipe Carreras (PSB-PE), relator da CPI das Apostas Esportivas. Este lhe teria pedido R$ 35 milhões em troca de ajuda e proteção”, escreveu Girão no requerimento, reproduzindo o texto da revista.

Ele também acrescentou no requerimento o trecho da reportagem afirmando que, segundo Cardia, “essa não teria sido a primeira interpelação por parte do parlamentar, pois um assessor do deputado já havia lhe procurado anteriormente”. De acordo com a publicação, outros integrantes da CPI também teriam pressionado o setor em busca de vantagens financeiras.

O senador cearense considera que o depoimento do ex-assessor vai ajudar a esclarecer vários aspectos investigados pela CPIMJAE.

CPI cancela reunião desta qaurta-feira

Foi cancelada a reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas (CPIMJAE) programada para às 14h desta quarta-feira (19)
para ouvir como convidado José Francisco Manssur, ex-assessor especial do Ministério da Fazenda. O requerimento é do senador Eduardo Girão (Novo-CE) foi baseado em uma reportagem da revista Veja.

 

Comentar com o Facebook