O que esperar do imprevisível GP de Las Vegas de Fórmula 1

Cassino I 16.11.23

Por: Magno José

Compartilhe:

 

O que esperar do imprevisível GP de Las Vegas de Fórmula 1
Entrando no paddock na noite de quarta-feira antes do dia da mídia, os organizadores do Grande Prêmio de Las Vegas deixaram os visitantes em dúvida sobre onde eles estavam no mundo

Enquanto a F1 2023 se prepara para o novo GP de Las Vegas, equipes e pilotos projetam possíveis desafios no traçado da Las Vegas Strip, avenida que reúne as principais atrações turísticas da cidade. Um dos obstáculos será a condição climática local, com previsão de temperaturas mais baixas na etapa noturna – o que vai afetar diretamente os pneus, podendo forçar diversos giros de aquecimento antes de uma volta rápida. Sergio Pérez, da RBR, acredita que o frio nos Estados Unidos pode prejudicar o time taurino, já hexacampeão de construtores, registra o ge Globo.

– Acho que (a questão da temperatura) vai ser algo muito presente por lá. Não vai ser algo que nos favorece enquanto equipe, mas é algo que temos que manter em mente. Esse tipo de coisa é muito difícil de simular, também (é difícil) saber qual direção do vento teremos. Hoje, há um limite no que os simuladores podem fazer e o quanto você pode se basear neles. Mas acho que é mais pelo conhecimento que vamos ter sobre esse tipo de coisa – disse Checo.

A cidade de Las Vegas fica no deserto de Mojave, no sudoeste dos Estados Unidos – o que gera dias quentes, mas queda de temperatura à noite. No momento, a previsão é de que a temperatura gire em torno dos 10ºC, podendo diminuir durante a madrugada.

A classificação para o GP de Las Vegas será à meia-noite (horário local) de sexta para sábado, com a largada às 22h de sábado (3h de domingo no Brasil). A prova é parte importante do plano da Liberty Media de consolidar a F1 nos Estados Unidos – em 2023, o país foi o único a receber três etapas do calendário.

O circuito terá 6,12 km de extensão, 17 curvas, duas zonas de ativação de DRS, duas chicanes e mais três retas – a maior delas entre as curvas 10 e 11. Serão 50 voltas pelo traçado, totalizando 310,05 km de corrida. O GP de Las Vegas já marcou presença no calendário da F1 em 1981 e 1982, com direito ao primeiro título do brasileiro Nelson Piquet, mas nunca como uma prova noturna.

A F1 2023 desembarca em Las Vegas no dia 17 de novembro para os dois primeiros treinos livres. Esta será a penúltima etapa da temporada, que já viu a coroação de Max Verstappen e RBR como campeões de pilotos e construtores, respectivamente.

Confira os horários da Fórmula 1 em Las Vegas:

Fórmula 1 Dia Horário (Brasília) Transmissão
Treino Livre 1 Sexta-feira 01h30 Bandsports
Treino Livre 2 Sexta-feira 05h Bandsports
Treino Livre 3 Sábado 01h30 Bandsports
Classificação Sábado 05h Band e Bandsports
GP de Las Vegas Domingo 03h Band

O que esperar do imprevisível GP de Las Vegas de Fórmula 1 1

F1: Las Vegas é primeiro GP no sábado em 38 anos

Ao longo da história da principal categoria do automobilismo, 73 corridas aconteceram fora do domingo, sendo realizadas também ao longo da semana. A primeira foi o inaugural GP da Inglaterra, em Silverstone, em 1950, e a última foi o GP da África do Sul, em Kyalami, em 1985, registra o F1 Mania.

As duas outras corridas que aconteceram na cidade norte-americana, em 1981 e 1982, o GP do Caesars Palace, também aconteceram no sábado. Na época, os vencedores foram Alan Jones na primeira passagem e Michele Alboreto na segunda.

Das 73 corridas de F1 que não foram disputadas em um domingo, 57 delas foram realizadas em um sábado, com o GP de Las Vegas se tornando a 58º. Entretanto, já houve provas realizadas em todos os dias da semana ao longo dos anos.

Inclusive, no calendário da temporada de 2024, as duas primeiras corridas do ano, Bahrein e Arábia Saudita, nos dias 2 e 9 de março, respectivamente, também acontecerão em um sábado. O motivo é por conta do Ramadã.

 

Comentar com o Facebook